segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Preconceito

Ninguém gosta, mas todo mundo tem.
Eu tenho prestado mais atenção nisso em mim, tentando entender e acima de tudo não ter dentro de mim, por que é fraqueza de espírito e não tolero isso.
Sim, por que preconceito é subestimar e não se subestima ninguém, nem amigo e muito menos inimigo.

Vejo isso todos os dias , "tinha que ser o viado", "aquela gorda retardada", "loira burra do inferno" e assim vai.
Mas eu, que nunca me achei tão preconceituoso, no fim, prestando atenção no que eu penso e no que faço acabei descobrindo ser bem mais do que imaginava.

Descobri que , em mim, isso geralmente se manifesta quando estou com raiva, como um pensamento primitivo. Então, muitas vezes não é o que eu acredito de verdade, mas é uma forma que a minha mente encontra para menosprezar o individuo que me causou raiva/dor pra faze-lo parecer inferior diante de mim mesmo ou mesmo de outros, então:

subestimar é quase igual a menosprezar

E , noto também que quando estamos com raiva e frustrados , somos levados pelo preconceito à culpar outros pelos nossos problemas, sem falar que também somos facilmente manipulados
, ou não Lembram de um certo fato ocorrido entre 1939 até 1945 que quase acabou a Europa e matou mais de 70 milhões de pessoas???

Agora , eu sempre ouvi que quem está com raiva faz merda, né??Por que será né??


2 comentários:

  1. olá preciso conversar com vc a respeito da Adriana Akashi
    Meu nome é Rogerio e na época estava em Goias a trabalho e infelizmente não pude estar presente
    rogerio.tancler@hotmail.com

    ResponderExcluir